Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

07 Tipos de Bordados para fazer à mão

Conhecer  os “principais tipos de bordados para fazer à mão” é, sem dúvida, embarcar em uma viagem fascinante através de tradições e técnicas artísticas. Neste artigo, especificamente, vamos mergulhar no mundo colorido e criativo do bordado, onde a agulha e a linha se transformam em magníficas expressões de beleza e arte.

Desde o clássico Ponto Cruz até o elegante Ponto Cheio, cada técnica de bordado tem sua própria história e charme distinto. Por outro lado, o Vagonite, com suas variações utilizando linhas e fitas, oferece uma versatilidade surpreendente. Ademais, o Ponto Russo se destaca pela sua textura tridimensional única. Além disso, tanto o Ponto Cadeia quanto o Ponto de Haste são fundamentais para criar contornos e detalhes delicados, enquanto o bordado com fitas adiciona um toque de suavidade e volume.

Este guia é dedicado especialmente às pessoas que buscam aperfeiçoar suas habilidades no bordado ou se inspirar para iniciar nessa arte. Aqui, você encontrará não apenas informações valiosas sobre cada técnica, mas também dicas práticas e ideias criativas para enriquecer seus projetos de artesanato.

01. Ponto Cruz: O Bordado Tradicional

O Ponto Cruz, o primeiro ponto da nossa lista de tipos de Bordados para fazer à mão, famoso por sua simplicidade e beleza, consiste em formar pontos em ‘X’. Esta técnica se destaca como uma excelente opção para iniciantes, devido à sua abordagem direta e resultados visivelmente gratificantes.

Os bordadores frequentemente escolhem o Ponto Cruz para projetos como toalhas de mesa, quadros decorativos e almofadas, graças à sua versatilidade. Você precisará de materiais básicos, incluindo tecido de trama aberta como o etamine, linhas de bordar e uma agulha de ponta arredondada. Essa agulha facilita o trabalho no tecido sem causar danos.

Primeiramente inicie seu projeto de Ponto Cruz escolhendo e transferindo um desenho para o tecido, usando uma grade como referência. Você começará o bordado inserindo a agulha de baixo para cima no tecido, seguindo o padrão para criar os ‘X’. É crucial manter a tensão da linha uniforme para garantir um acabamento limpo e consistente.

Imagem mostrando como fazer bordado em ponto cruz

O Ponto Cruz oferece uma introdução maravilhosa ao mundo do bordado, permitindo que iniciantes criem obras de arte encantadoras com paciência e prática.

02. Ponto Cheio: Técnica Clássica para um Acabamento Elegante

O Ponto Cheio, ou Satin Stitch, é uma técnica de bordado que cria um acabamento liso e elegante, ideal para preencher áreas designadas. Este ponto se destaca por sua capacidade de adicionar um toque sofisticado aos projetos de bordado, sendo uma excelente escolha tanto para iniciantes quanto para bordadores experientes.

Primeiramente você começa o Ponto Cheio escolhendo linhas de bordar, uma agulha adequada e o tecido desejado. Este ponto se adapta bem a diversos tecidos, tornando-o versátil para diferentes projetos. Ele é particularmente eficaz em preencher formas como flores e folhas, criando desenhos decorativos impressionantes.

Portanto ao executar o Ponto Cheio, faça a agulha sair do tecido no início do design e volte para baixo no ponto oposto, formando um segmento reto de linha. O objetivo aqui é manter os pontos próximos sem sobreposição para garantir uma cobertura uniforme.

Imagem mostrando detalhes de bordado em ponto cheio

Dominar o Ponto Cheio enriquece qualquer projeto de bordado, transformando peças simples em trabalhos artísticos com sua textura lisa e acabamento refinado. Além disso, com prática e dedicação, este ponto se torna uma ferramenta valiosa no seu repertório de bordado.

03. Bordado com Fitas: Texturas e Cores em Harmonia

O bordado com fitas é o nosso terceiro ponto entre os tipos de Bordados para fazer à mão, oferece uma experiência única no universo do bordado à mão, trazendo uma dimensão de textura e cor que se destaca em qualquer projeto. Esta técnica, que utiliza fitas de seda ou sintéticas no lugar da linha tradicional, é perfeita para criar designs florais e decorativos com um efeito tridimensional.

Primeiramente para começar o bordado com fitas, você precisará de fitas de diferentes larguras, uma agulha especial para fitas e tecido de trama aberta, como o linho ou etamine. Essa técnica é especialmente adequada para trabalhos que requerem um toque de elegância e delicadeza, como enfeites de vestuário, decoração de casa e acessórios.

Portanto ao bordar com fitas, a chave é a leveza no manuseio das fitas para evitar que elas se torçam ou amassem. É essencial passar a agulha e a fita cuidadosamente através do tecido, mantendo a tensão correta para formar belas flores e folhas. Esta técnica permite uma grande liberdade criativa, oferecendo a oportunidade de brincar com cores, texturas e padrões.

Imagem mostrando um lindo trabalho bordado com fitas

O bordado com fitas é uma forma magnífica de adicionar dimensão e vivacidade aos seus projetos de bordado. Além disso com prática e criatividade, essa técnica pode elevar suas criações a um novo patamar de beleza e sofisticação.

04. Vagonite: Versatilidade em Linhas e Fitas

O Vagonite é uma técnica de bordado que se destaca por sua simplicidade e resultados impactantes. Essa técnica se baseia no uso de pontos simples sobre uma trama de tecido aberto, como etamine ou talagarça, permitindo a criação de padrões geométricos e figurativos com grande efeito visual.

No Vagonite tradicional, utiliza-se linhas de bordar, como a linha mouliné, para criar os desenhos. Essa abordagem é ideal para quem busca um resultado delicado e detalhado, adequado para toalhas, caminhos de mesa e outros itens decorativos.

Além disso, o Vagonite com fitas oferece uma variação fascinante. Nesta versão, as fitas de seda ou sintéticas substituem as linhas convencionais, proporcionando um efeito tridimensional e mais robusto. O bordado com fitas é perfeito para projetos que requerem um impacto visual mais forte e um toque de sofisticação.

Contudo ao trabalhar com Vagonite, é importante manter a uniformidade dos pontos e a tensão da linha ou fita, garantindo um acabamento harmonioso e consistente. Além disso, a escolha do tecido também é crucial, pois uma trama aberta facilita o bordado e realça o design.

Imagem mostrando exemplos de bordado com a técnica Voganite
Imagem tirada da Internet a fins de Inspiração. Créditos ao artesão.

Portanto, seja trabalhando com linhas ou fitas, o Vagonite abre um leque de possibilidades ilimitadas para a exploração criativa no bordado. Esta técnica versátil se adapta a uma variedade de estilos e projetos, permitindo que cada artesão crie peças únicas e expressivas.

05. Ponto Russo: Arte e Textura em Cada Ponto

O Ponto Russo, nosso quinto ponto entre os tipos de Bordados para fazer à mão é também conhecido como bordado de agulha furadora, é uma técnica de bordado que cria uma textura rica e elevada. Além disso, esta técnica se destaca pela sua capacidade de produzir um efeito tridimensional, ideal para adicionar profundidade e interesse visual a qualquer projeto de bordado.

Portanto, para começar com o Ponto Russo, você precisará de uma agulha furadora especial, um tecido apropriado, geralmente mais grosso para suportar o bordado, e linhas de sua escolha. Essa técnica se adequa perfeitamente para criar designs florais, padrões geométricos e decorações em peças de vestuário e itens de decoração.

Ao trabalhar com o Ponto Russo, a agulha insere a linha no tecido e a traz de volta, formando laços na parte de trás do tecido. Controlar a tensão e o comprimento dos laços é essencial para garantir a consistência e a beleza do bordado finalizado. Essa técnica permite uma grande liberdade criativa, dando vida aos projetos com suas texturas únicas.

Imagem mostrand um bordado usado com a técnica do ponto russo
Imagem Tirada da Internet a fins de Inspiração. Créditos ao artesão.

Portanto o Ponto Russo oferece uma maneira extraordinária de adicionar dimensão e textura aos seus projetos de bordado. Com esta técnica, artesãos podem criar peças visualmente impactantes e cheias de personalidade, explorando as possibilidades tridimensionais do bordado.

06. Ponto Cadeia: Elegância em Cada Laço

Primeiramente, o Ponto Cadeia, conhecido por sua aparência elegante e contínua, é uma técnica de bordado essencial que cria uma linha de pontos conectados, semelhante a uma corrente. Portanto esta técnica é perfeita tanto para bordadores iniciantes quanto para os mais experientes, devido à sua simplicidade e versatilidade.

Para realizar o Ponto Cadeia, você precisará de linhas de bordar, uma agulha apropriada e seu tecido de escolha. Este ponto é ideal para contornar designs, criar textos e adicionar detalhes decorativos a qualquer projeto de bordado, desde roupas até itens de decoração para casa.

Ao bordar o Ponto Cadeia, insira a agulha pelo avesso do tecido e traga-a de volta perto do ponto inicial para formar um laço. Ao segurar o laço levemente com o dedo, insira novamente a agulha um pouco à frente do ponto anterior e puxe a linha cuidadosamente, formando assim o próximo laço da cadeia. Repetindo esse processo, você cria uma sequência elegante e fluida de pontos.

Imagem ilustrando o passo a passo para fazer o ponto de cadeia
Imagem tirada da Internet a fins de Inspiração. Créditos ao artesão.

O Ponto Cadeia é uma técnica atemporal no bordado, oferecendo um acabamento elegante e contínuo. Com essa técnica, artesãos podem adicionar um toque de sofisticação aos seus projetos, explorando a beleza e a funcionalidade desse ponto clássico.

07. Ponto de Haste: Contornos Finos e Detalhados

O Ponto de Haste vem para finalizar a nossa lista dos tipos de Bordados para fazer à mão. Este Ponto é uma técnica clássica de bordado, ideal para criar linhas finas e contornos detalhados. Essencial para muitos projetos, este ponto adiciona definição e textura aos desenhos, tornando-o uma escolha favorita para bordados delicados e trabalhos minuciosos.

Primeiramente, para executar o Ponto de Haste, você precisará de uma agulha de bordado, linhas apropriadas e seu tecido preferido. Este ponto é particularmente eficaz em trabalhos que exigem linhas curvas e retas, como letras, contornos de desenhos e hastes de flores.

Ao fazer o Ponto de Haste, insira a agulha no tecido e traga-a para cima no ponto de partida do desenho. Em seguida, insira a agulha um pouco à frente e traga-a de volta perto do ponto inicial, mantendo a linha sob a agulha. Este método cria uma linha uniforme e elegante, perfeita para detalhar e dar vida aos seus desenhos.

Imagem ilustrando passo a passo de como fazer ponto de haste
Imagem tirada da Internet a fins de Inspiração. Créditos ao artesão.

Por fim, o Ponto de Haste, com sua habilidade para criar linhas precisas e detalhadas, é uma técnica indispensável no mundo do bordado. Portanto, dominar esse ponto permite aos artesãos realçar seus projetos com detalhes requintados e elegantes.

Querido(a) Leitor(a)!

Esperamos ter iluminado seu caminho com nossas dicas sobre os tipos de Bordados para fazer à mão. Cada técnica abordada aqui oferece suas próprias belezas e desafios únicos, abrindo portas para infinitas possibilidades criativas.

Lembre-se de que a prática leva à perfeição. Não importa se você é uma iniciante ou já possui experiência, cada ponto que você dá é uma expressão de sua criatividade e paixão. Encorajamos você a experimentar cada uma dessas técnicas e descobrir qual delas melhor se adapta ao seu estilo e projetos.

Adoraríamos ouvir sobre suas experiências e ver os maravilhosos trabalhos que você cria. Sinta-se à vontade para compartilhar suas criações e dicas nos comentários abaixo. E, claro, não hesite em explorar outros artigos do nosso blog para mais inspiração e orientação.

Veja também…

Espero que você goste, pois todos nossos conteúdos são criados com muito carinho…

Beijinhos e até o próximo post… 😘😘

Comente o que achou:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais

Conteúdos Relacionados:

Artesanato em Madeira: Dicas e Inspirações

Artesanato em Madeira: Dicas e Inspirações

Descubra o charme do artesanato em madeira com nossas dicas e ideias criativas para decorar e inspirar!

Artesanato com palito de picolé: Ideias e Dicas para te Inspirar

Artesanato com palito de picolé: Ideias e Dicas para te Inspirar

Aprenda dicas e técnicas para criar peças incríveis de artesanato com palitos de picolé e inspire-se com nossas ideias criativas!

Artesanato com Garrafas Pet: +20 Ideias para te Inspirar

Artesanato com Garrafas Pet: +20 Ideias para te Inspirar

Artesanato com garrafas PET: técnicas simples e projetos incríveis para você começar hoje mesmo a reciclar com estilo.

Artesanato Rentável: Estratégias para um Negócio de Sucesso

Artesanato Rentável: Estratégias para um Negócio de Sucesso

Descubra como tornar seu hobby em uma fonte de renda com nossas dicas de artesanato rentável!

Lembrancinhas para o Dia das Mães: +10 ideias de muito amor

Lembrancinhas para o Dia das Mães: +10 ideias de muito amor

Celebre o Dia das Mães com lembrancinhas criativas e feitas à mão que vão surpreender e emocionar a mulher mais importante da sua vida.

Amigurumi Como Fazer: passo a passo para Bonecos Articulados

Amigurumi Como Fazer: passo a passo para Bonecos Articulados

Amigurumi como fazer? Domine a arte dos bonecos articulados com nossas dicas de crochê e ideias criativas para todos os níveis.